3/04/2016

Resenha de livro: Contos de imaginação de mistério

Depois de um tempo sem escrever resenhas de livros (não contei com a resenha do Kindle porque não é necessariamente um livro rsrs), aqui estou eu com mais uma resenha, o livro "Contos de imaginação e mistério", do autor Edgar Allan Poe, o mestre das histórias de suspense e mistério!
resenha do livro Contos de imaginação e mistério
Capa da segunda edição do livro Conto de Imaginação e Mistério, do autor Edgar Allan Poe.
O livro que vou resenhar aqui é a 2ª edição da obra publicada pela Editora Tordesilhas, reúne 10 contos de suspense e alguns de terror, sendo eles:

  • O poço e o pêndulo

  • O gato preto

  • O coração denunciador

  • Uma descida no Maelström

  • O barril de amontillado

  • A máscara da Morte Vermelha

  • O encontro marcado

  • A queda da Casa de Usher

  • Os assassinatos da Rue Morgue

  • O mistério de Marie Roget

Cada conto do livro conta com uma ilustração, geralmente medonha, sendo as ilustrações feitas por Harry Clarke.

O livro que eu comprei e estou resenhando aqui foi comprado na revista Moda&Casa Avon, e como eu mesma disse, vem apenas com 10 contos, possui capa mole e é bem mais simples do que a primeira edição do livro, que contém 22 contos e capa dura. Essa primeira edição, embora mais cara, é mais completa (claro, 12 contos a mais rsrs) e pode ser comprada em e-book Kindle ou em capa dura no site da Amazon por um preço bem em conta.
Livro Contos de Imaginação e Mistério Edgar Allan Poe
Capa da primeira edição do livro Contos de Imaginação e Mistério, que contém 22 contos do
autor e possui capa dura resistente.

O que a resenha no verso do livro diz

"Contista, poeta, editor e crítico literário, Edgar Allan Poe é considerado pela crítica como pai da narrativa policial e um dos escritores mais significativos do século XIX, tendo sido publicamente aclamado por grandes nomes da cena intelectual e artística, como Júlio Verne, Arthur Conan Doyle, Charles Baudelaire e Leslie Stephen. Além da literatura, a influência de seu trabalho é sentida em diversos campos, principalmente cinema, música, televisão, criptografia e cosmologia. Figura extremamente polêmica, as causas de sua morte são desconhecidas até hoje, especulando-se sobre álcool, congestão cerebral,cólera, drogas, problemas cardíacos, hidrofobia, suicídio e tuberculose, entre outros."

O que eu achei sobre o livro Contos de Imaginação e Mistério

O começo do livro admito que não me surpreendeu, pois como já tinha ouvido falar muito bem sobre a obra de Edgar Allan Poe, esperava que os primeiros contos fossem melhores - refiro-me aos dois primeiros contos -, mais entusiasmantes, e os considerei completamente normais. Depois do terceiro conto comecei a achar o livro mais interessante e promissor, então decidi seguir com a leitura (sou dessas que para de ler o livro se, até a metade deste, a história não melhorar - mas nesse caso, os contos melhoraram antes disso).

Versão do livro que eu tenho.
Clique na imagem para comprar.
Os ambientes dos contos são bem detalhados, mas sem deixar a história maçante (tem autor que detalha tanto o ambiente, até mesmo coisas inúteis, e isso me deixa impaciente), o que contribui como um importante elemento para criação da atmosfera de mistério nos contos, e todos os contos possuem cenários assustadores ou inquietantes.

O livro possui linguagem relativamente simples, pelo menos pra mim. Não foi difícil lê-lo e interpretá-lo, apesar de possuir um número considerável de vocábulos que eu não conhecia, e, às vezes, possuir algumas frases de entendimento um pouco mais difícil.

Os contos realmente incitam a imaginação com seus inquietantes mistérios, o que estimula a continuação da leitura, a fim de se obter o desfecho de cada conto, que, muitas vezes, é surpreende e/ou assustador.

Meus contos preferidos foram "A máscara da Morte Vermelha", (de todos, esse foi o que mais me deu medo, é um conto realmente assustador), que se trata da história de um príncipe que quis se isolar em seu castelo como forma de proteção a uma doença fatal que se espalhou pelo país; "A queda da Casa de Usher", conto assustador, surpeendente e perturbador sobre dois irmãos, os últimos representantes da família Usher, que se encontravam sempre doentes e em estado de melancolia na antiga e assustadora casa da família; e "O mistério de Marie Roget", que, segundo nota de rodapé do próprio livro:
"(...) Uma jovem, Mary Cecilia Rogers, foi assassinada nos arredores de Nova York; e embora sua morte tenha ocasionado uma intensa e duradoura comoção, o mistério que cercou o crime permanecia sem solução no período em que o presente artigo era escrito e publicado (novembro de 1842). Aqui, sob o pretexto de relatar o destino de uma grisette parisiense, o autor acompanhou, em minuciosos detalhes, o essencial, ao passo que meramente comparando os fatos não essenciais do real assassinato de Mary Rogers. Assim, todo argumento baseado na ficção é aplicável à verdade: e a investigação da verdade foi o objetivo.(...)
(Poe, Edgar Allan. Contos de Imaginação e mistério. N. do T., página 143, editora Tordesilhas, 2ª edição)"

Achei impressionante a comparação de reportagens extraídas de diversos jornais feitas por Poe, objetivando esclarecer, utilizando-se de um caso fictício, um crime real. Todos os detalhes analisados foram bem fundamentados cientificamente ou por meio da Lógica, o que mostra a vastidão do conhecimento do autor, e isso me impressionou de tal modo que esse foi um dos meus contos favoritos e que me fez admirar Poe ainda mais.

Resumindo: O livro é excelente, especialmente para quem gosta de obras com suspense, mistério e investigação criminal (os dois últimos crimes são desse gênero). Essa foi a primeira obra de Edgar Allan Poe que eu li, e me incentivou a ler mais obras desse autor fascinante.

Espero que tenha gostado da resenha. Você já leu esse livro? O que achou dele? Conte nos comentários, adorarei saber sua opinião! ;) Para comprar o livro na sua versão completa e com para dura, é só clicar no link a seguir:


Se você gosta de suspense, veja também:
Resenha de livro: O Chamado de Cthulhu e Outros Contos