13.4.19

Resenha Óleo de Coco capilar SoftHair

O óleo de coco é um poderoso ingrediente para a fase de Nutrição Capilar, e a SoftHair lançou a sua versão. Dia desses, vi na farmácia e comprei um sachê, pois fiquei curiosa. Então testei o produto para saber se vale mesmo a pena, continue lendo para saber mais!
Resenha do óleo de coco extravirgem SoftHair para umectação capilar
Antes de iniciar a resenha, é importante lembrar que o óleo de coco é maravilhoso tanto para o cabelo quanto para a pele devido a muitas propriedades que ele possui. Recomenda que veja o post abaixo antes de prosseguir:


Já conhece as propriedades e os benefícios do óleo de coco nos cabelos? Então continue a resenha!

O que a SoftHair diz sobre o Óleo de Coco Capilar


O nome que a marca dá ao produto é "Óleo de Coco Extravirgem", e informa que é "extravirgem e puro, para umectação dos seus cabelos" ou "para misturar". Na página do produto no site da SoftHair tem as seguintes informações:

PARA MISTURAR
O óleo de coco é naturalmente conhecido por dar brilho e maciez aos cabelos, penetrando na fibra capilar e repondo os nutrientes necessários para evitar o ressecamento dos fios. Disponível também em sachê.
Os ingredientes (?!) do óleo de coco extra virgem da SoftHair são:
Cocos Nucifera Oil (Óleo de Coco), Orbignya Oleifera Seed Oil, Parfum, Benzyl Salycilate, Coumarin, d-Limonene, Hexyl Cinnamal (Essência), Tocopherol (Tocoferol).
Na minha opinião, o óleo de coco extra virgem deveria ter apenas óleo de coco (Cocus nucifera Oil) na composição (avise-me se eu estiver errada, por favor). Então eu não entendo porquê chamar de extravirgem um produto que não é 100% puro.

De todo modo, tem bastante óleo na composição: de coco e de semente de babaçu (Orbignya oleifera seed oil), além de Tocoferol, um antioxidante constituinte da Vitamina E, o que considero um ponto super positivo para a fórmula!
Verso do sachê de 15ml de óleo de coco SoftHair
Foto do sachê de óleo de coco extravirgem da SoftHair que comprei. Esqueci que tinha que tirar foto ANTES de abrir a embalagem, daí fotografei rasgada no topo rsrs
Os modos de usar o óleo de coco extra virgem indicados pela SoftHair são:
Umectação: Aplique mecha a mecha desde o couro cabeludo até as pontas. Pode ser feito a noite para dormir ou no mínimo 2 horas antes de lavar. Hidratação: Misturar a quantidade desejada em um creme de hidratação, aguardar 10 minutos e enxaguar. Finalização: Aplique um pouco do produto nas mãos, passe nos cabelos úmidos ou secos e deixe secar como de costume.
Eu usei apenas como umectação, deixando agir nos fios por algumas horas antes de lavar.


O que eu achei do óleo de coco capilar SoftHair


De início, amei o cheiro. O óleo de coco realmente puro tem cheiro de óleo (que nem azeite, porém um pouco mais fraco), então a adição de essência já não deixa o óleo da SoftHair tão puro assim. Mas vou perdoar, pois o cheiro é muito melhor! Haha
Resenha óleo de coco SoftHair
Tive um pouco de problemas com a espalhabilidade nos fios, pois o óleo grudava mais na mão do que nos cabelos. Isto pode ser por causa do meu cabelo, não necessariamente do óleo. Como já tinha passado do dia de lavá-lo, já estava bastante oleoso, e isso pode ter dificultado a absorção do produto.

Como já disse, passei o óleo no cabelo algumas horas antes de lavar. O tempo de ação do óleo de coco capilar da SoftHair nos fios foi superior a 2 horas, como recomendado pela marca. O sachê de 15 ml rende apenas uma aplicação no meu cabelo, que é longo.

O resultado do produto nos fios após a secagem foi muito bom: aparência de cabelo bem tratado, macio ao toque e com muito brilho. Além disso, os melhores efeitos para mim foram o frizz controlado e o day after maravilhoso, pois foi muito fácil deixar o cabelo bonito antes de sair de casa.

O veredicto final: embora o óleo de coco para o cabelo da SoftHair não seja 100% natural, trata verdadeiramente o cabelo e cumpre muito bem a sua função para a etapa de Nutrição Capilar.

Além da versão em sachê, tem a versão em frasco de 200 ml e também a versão vegana, sem alguns ingredientes da fórmula deste produto que resenhei aqui. Acredito que a versão vegana seja até mesmo mais pura, pois tem apenas 3 ingredientes, e dois deles são os óleos de coco e babaçu.

Também já resenhei outro óleo de coco 'fabricado' por aqui, o da Salon Line:




E aí, já usou óleo de coco no cabelo? O que achou da experiência? Ou tem alguma dúvida sobre este produto e sobre a utilização de óleos naturais no cabelo? Fique à vontade para comentar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário