21.6.17

Dica de Viagem: Buenos Aires

E agora é inaugurada aqui no blog a tag Viagem, onde postarei lugares que já visitei e gostei, contarei um pouco sobre os pontos turísticos que eu vi, o que eu recomendo e o que eu não indico.

E, para o primeiro post, aqui vai um pouco sobre o que eu mais gostei na minha recente viagem para a Argentina (e minha primeira viagem internacional hehe).
Conheça um pouco mais Buenos Aires e os pontos turísticos que eu visitei
Foto tirada na Plaza de Mayo, em frente à Catedral de Buenos Aires. Repare no Obelisco, um dos famosos pontos turísticos da cidade, bem ao fundo.
Buenos Aires é uma das maiores cidades da América Latina e recebe uma grande quantidade de visitantes por ano.

Os pontos turísticos lá são muuitos, é uma cidade bem diversificada, pois tem desde teatros e edifícios antigos lindíssimas, com arquitetura neoclássica de inspiração francesa, até pontos turísticos bem modernos.
Se você gosta de viajar, veja o checklist de viagem para baixar gratuitamente que eu disponibilizei neste post aqui. É o checklist que eu uso para me organizar antes de viajar e levar somente o essencial, sem esquecer nada ou levar excessos.

O que eu visitei em Buenos Aires

O hotel onde estive hospedada, o Regis Hotel, apesar de se um pouco antigo (para usar o elevador, por exemplo, a gente precisa abrir e fechar as portas manualmente hahaha), é muito bem localizado.

Ele fica na esquina entre as ruas Esmeraldas e Lavalle, e de lá pra ir à pé pra muitos dos pontos mais visitados (Obelisco, Plaza de Mayo, feira de San Telmo e a famosa Avenida Corrientes e arredores), então só isso já economizou muito dinheiro, pois o táxi já pôde ser dispensado.

O primeiro trajeto da minha visita foi esse: caminhei do hotel até a Plaza de Mayo, onde conheci a Catedral Metropolitana, a famosa (e linda) Casa Rosada, alguns estabelecimentos nas proximidades, e segui pela larguíssima (e muito famosa) Avenida Corrientes até o cartão-postal da cidade, o Obelisco.
Corredor das capelas laterais da Catedral Primada de Buenos Aires, a Catedral do Papa Francisco
A Catedral Metropolitana é a igreja onde Jorge Mario Bergoglio, atual Sumo Pontífice da Igreja Católica, trabalhou durante 15 anos e, por isso, hoje ela é conhecida também como Catedral do Papa Francisco.

A catedral é lindíssima, tanto por fora, onde a fachada possui 12 colunas que representam os 12 apóstolos, e principalmente por dentro, onde possui muitas capelas e também o mausoléu de José de San Martin, libertador da Argentina, do Chile e do Peru.

Como sou católica, claro que eu assisti à Santa Missa do domingo, e foi uma celebração maravilhosa (apesar de ser uma Missa como qualquer outra, no que condiz ao rito litúrgico). Esta é uma lembrança que faço questão de guardar com muito carinho!

Um local lindíssimo para quem gosta de produtos de luxo é o Galerias Pacífico, que à primeira vista, sem reparar as lojas e vitrines, mas somente o teto majestoso, mais parece um teatro ou museu do que um shopping.

Como amo arquitetura e arte clássica (com 'clássica' quero dizer 'mais antigos', não necessariamente remetente ao Classicismo), simplesmente pirei ao ver e me pergunto até hoje como um shopping pode ser tão lindo!?
Afresco no teto do shopping Galerias Pacifico em Buenos Aires
Aos domingo tem a tradicional Feira de San Telmo, que se estende desde um dos pontos da Plaza de Mayo até muitas quadras de distância. É a maior feira de rua que eu já vi, e tem muita coisa linda por lá, de itens de decoração, joias e até roupas, e tudo geralmente com preço bem em conta..

Caminhamos pela feira até chegar ao Mercado San Telmo, onde é possível encontrar todo o tipo de antiguidade à venda e também produtos comestíveis como frutas, verduras e açougue.

Um dos muitos monumentos incríveis da cidade é a Floralis Generica, a grande flor de aço projetada por um arquiteto argentino que estudou no exterior e, como contribuição à sua cidade natal, deu a flor de presente.
Floralis generica, a flor gigante de aço que Buenos Aires ganhou de presente
Infelizmente, no dia em que visitei a Floralis ela estava com defeito, o que é sempre dispendioso e trabalhoso para correção, já que, segundo a guia de turismo que estava conosco, o arquiteto faleceu e não deixou o projeto detalhado, o que facilitaria o conserto.

Visitei também o Cemitério de La Recoleta, ponto turístico que pode parecer mórbido para alguns, mas você sabia que esse é o terceiro cemitério mais famoso do mundo?

Tanta fama se deve não só pelos seus mausoléus ricamente decorados e lápides super elaboradas que mais parecem obras de arte, mas também pelas personalidades que lá descansam eternamente (presidentes, artistas e outras figuras ilustres da história argentina).
Uma das estátuas do cemitério La Recoleta em Buenos Aires, famosos pelas suas lápides magníficas e por abrigar falecidos famosos
Um local que visitei brevemente mas achei impressionante é Puerto Madero. O que mais me impressionou foi saber que, há cerca de 20 anos, lá era apenas um porto abandonado. Completamente o oposto ao que é agora: um bairro repleto de prédios e estabelecimentos luxuosos, uma das zonas mais ricas da cidade. Tem que ter muito dindin pra se hospedar por lá, o que não é o meu caso! hahaha
Veja também: Dica de viagem: as lindas praias de Prado
Não muito longe de Puero Madero encontra-se o pobre bairro de La Boca, que surgiu após a chegada de imigrantes italianos que fugiam da Segunda Guerra Mundial e lá construíram casa feitas com contêineres abandonados do porto.
Vista do porto no bairro de La Boca, em Buenos Aires
Em muitas lojas (que eram casas), é possível ver fotografias e lembranças dos imigrantes italianos que lá moraram. Mas como era proibido fotografar, não tenho nada para mostrar, só indo lá pra ver!
Falando nisso, aqui vai uma dica importante: não fotografe tudo que aparecer pela frente! Em muitos locais é simplesmente proibido tirar fotos! Procure saber se é permitido antes de fotografar e evite problemas!
La Boca também é local de nascimento do famoso time de futebol Boca Junior (e onde fica o estádio) e também o famoso Caminito, um dos pontos turísticos mais famosos da cidade.

Post longo, não é? Mas é difícil contar em poucas palavras sobre um lugar tão encantador quanto Buenos Aires, tão perto do Brasil e, apesar dos seus contrastes (como qualquer outra cidade tem), um excelente destino para turismo.

Quer saber algo a mais sobre Buenos Aires? Tem alguma curiosidade com algum aspecto de lá e que eu não mencionei no post? Diga nos comentários! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário