12/28/2016

Como vou me organizar em 2017

Conforme o tempo vai passando e vamos adquirindo mais responsabilidades em nossas vidas, em algum momento torna-se indispensável um método para organizarmos melhor o nosso tempo, de modo a não perder nenhum compromisso.

Por exemplo: até o meu ensino médio, eu não me preocupava em usar agendas para organizar meus afazeres, porque eu não tinha muitas novidades e conseguia me lembrar de tudo. Mas isso mudou desde que entrei para a faculdade e hoje em dia é um desafio constante me manter sempre em dia com o que tenho para fazer. Para 2017, então, pensei em algo diferente da tradicional agenda e me inspirei em um método que me deixou bastante empolgada, o Bullet Journal.
Customizando agenda comum 2017 para bullet journal

O que é o bullet journal

O Bullet Journal foi criado por Ryder Carroll e tem a intenção de simplificar o processo de anotação de tarefas, eventos, ideias e etc, pois quanto mais complexo e dispendioso é o processo de anotações, mais chato fica para utilizar a agenda e a gente acaba abandonando esse hábito, não é mesmo?

Pensando nisso, a fim de proporcionar "rapid logging" (registro rápido) dos afazeres, o bullet journal consiste basicamente em tópicos, número de páginas, sentenças curtas e símbolos chamados "bullets".

Para diferenciar tarefas, eventos e compromissos, o que é importante do que é irrelevante, ideias, inspirações e demais itens, há a necessidade de colocar um ícone representativo antes da sua anotação, e esses são os "bullets". (Mais adiante eu mostro um exemplo disso).

Com relação ao conteúdo do seu diário, o site do criador do bullet journal sugere que a divisão das seções seja feita do seguinte modo:

  • Index - ou índice, onde são anotados os tópicos e as páginas onde eles são encontrados;
  • The Future Log - ou registro de tarefas futuras, onde deve-se anotar as tarefas mais importantes de cada mês do ano;
  • The Monthly Log - ou registro mensal, que é uma página onde há uma linha para dia do mês, para escrever o que há de mais importante no mês, no seu respectivo dia;
  • The Daily Log - ou registro diário, ou seja, assim como na agenda comum você vai anotar seus eventos, tarefas, compromissos e etc.

Planejamento mensal bullet journal

Com relação ao tipo de caderno para bullet journal, Ryder Carrol diz ainda que qualquer um pode ser utilizado para tal fim, mas ele sugere que seja um caderno durável, de qualidade e fácil de ser carregado. 

O tipo  de caderno que eu mais vejo sendo usado para bullet journal é o caderninho com linhas pontilhadas ou com folhas sem pauta, mas como eu não achei de nenhum desses tipos em tamanhos portáteis (do tamanho de agendas comuns) por aqui onde eu moro (aff, Montes Claros é triste y.y) e como não compensava comprar pela internet por causa do frete como sempre, então eu adaptei uma agenda comum, e veja a seguir como eu fiz isso!

Como eu adaptei uma agenda comum para bullet journaling

Personalizando agenda 2017 estilo bullet journal

A fim de aproveitar o que estava ao meu alcance, comprei uma agenda compacta 2017, da marca Foroni (que custou só 12 reais!), e adaptei conforme a minha necessidade, para que ficasse mais parecida com o bullet journal 'normal'. Além disso, personalizei as páginas com desenhos fofos utilizando caneta com ponta de feltro e canetinhas coloridas, depois de ver tanta inspiração linda no Pinterest.

Claro que um caderninho com folhas pontilhadas seria melhor, pois a organização das seções é muito mais flexíveis, já que não vêm com o calendário e páginas de anotações pré-definidas como na agenda pronta e você pode escolher onde colocar o índice, o registro futuro, mensal e etc (você tem que desenhar/inserir tudo). Na agenda comum a organização é muito mais rígida, pois cada tópico já vem no seu lugar.

calendário de agenda 2017 personalizado

Dispensei o Index, já que a agenda não veio com as folhas numeradas e porque para mim essa parte não é necessária, isso nunca atrapalhou minha organização com agendas. Dispensei também o Future Log, acho mais prático olhar o que tenho para fazer em cada mês separadamente, destacando com marca-textos o que é mais relevante. Mas pense bem caso queira um bullet journal se essas seções não vão fazer falta para você, cada um tem um modo melhor para se organizar.

Aproveitei a parte de "Observações" para colocar a legenda com os ícones, status e cores (os "bullets"), para não deixar dúvidas quanto a cada item.

Ícones que utilizo para organizar minha agenda em estilo bullet journal

Para colocar o Monthly Log, eu mesma desenhei em página separada e colei dentro da agenda no início de cada mês, como pode ver nas fotos a seguir, achei o máximo ficar desenhando e enfeitando as páginas rsrs Coloquei um quadro para as tarefas importantes e outros dois quadros, um com minha meta de leitura para o mês e outra para metas gerais (faculdade, blog e outros).

Agenda estilo bullet journal e registro mensal

Considerando que cada página da agenda tem um espacinho para "Importante", customizei esse quadro e vou aproveitá-lo para notas no geral, coisas que não sejam compromissos, tarefas ou eventos. Veja também como customizei a primeira página do mês, com enfeites desenhados com giz de cera e canetas:

Página de agenda personalizada

Então, foi assim que aproveitei uma agenda comum para anotar em estilo bullet journal de acordo com minhas necessidades, a fim de deixar minha vida mais prática e organizada. E o que você achou dessa ideia? Como você se organiza? Deixe nos comentários, dicas são muito bem-vindas!

Se você gostou desse post, assine a Newsletter para receber os posts do blog direto na sua caixa de mensagem, é só colocar o seu e-mail no local indicado na barra lateral ou mais abaixo, caso esteja pelo celular! ;)