z35W7z4v9z8w Dicas para economizar com produtos capilares - Um toque de framboesa

Dicas para economizar com produtos capilares

Cuidar dos cabelos pode ficar caro, especialmente para quem segue o Cronograma Capilar (não sabe o que é? Você não sabe o que está perdendo! Clique aqui e veja tudo a respeito!), então o post de hoje vem dar uma esperança para quem pensa que é impossível gastar pouco enquanto segue o cronograma, por isso, aqui vão cinco dicas para mostrar que é possível economizar com os produtos para o cabelo sem comprometer a saúde dele!

Eu já falei antes por aqui sobre Cronograma Capilar Econômico, indicando produtos para cada uma das fases (Hidratação, Nutrição e Reconstrução), mas o post de hoje vai ser com dicas gerais para qualquer fase, vai ser como uma norteador para você saber que tem como economizar no Cronograma Capilar de diversos modos, escolhendo você seus próprios produtos.

Veja dicas de como manter os cabelos saudáveis economizando


1 - Invista em produtos baratinhos

Essa é uma dica que pode parecer óbvia, mas não tem jeito de evitar dizer isso, pois muita gente ainda tem aquele pé atrás com produtos baratos (ah, se é barato, não deve ser tão bom), e faz um bom tempo que essa realidade vem mudando, pois muitas marcas baratinhas têm inovado bastante para oferecer produtos de qualidade com os mesmo preços acessíveis. Alguns exemplos são Salon Line, Kanechom, Miss Anne, Yamá e a BioExtratus (ok, essa não é tão baratinha quanto as outras, mas o custo-benefício sempre compensa e é possível achar com preços menores dependendo de onde você mora).

Um exemplo de produto baratinho maravilhoso é o Yamasterol: ele é super útil pra tudo! Você pode usá-lo para co-wash (lavagem com condicionador, sem shampoo, ainda vou explicar tudo sobre isso por aqui, é uma técnica de ouro para cacheadas), como creme de tratamento (potencializado com outros ingredientes ou não), como condicionador, creme de pentear...veja só quantos produtos você tem em um só!

Não tenha medo: o bom do produto barato é que, se não der certo, você não terá um prejuízo grande, já o produto caro pode não dar certo e é muito mais triste quando isso acontece, ninguém quer ver um creme que custa uma fortuna encostado no cantinho de beleza, não é mesmo?

2 - Compre versões menores ou fracionadas para testar

Eu sei que em muitos casos a versão menor, se for calcular o preço proporcionalmente com o produto maior, acaba saindo um pouco em desvantagem, mas é ideal comprar antes o produto de menor tamanho para ver se o cosmético vai dar certo com o cabelo ou não, pois, se o produto não de certo, então você pode acabar gastado uma fortuna com ele e deixar um pote imenso e inútil em casa.

Se for comprar fracionados escolha muito bem o vendedor, verifique como os produtos são separados do frasco (o ideal para cremes, por exemplo, é que não tenham contato com as mãos dentro do pote ou com objetos metálicos, pois isso pode alterar algum componente do produto - isso também ocorre com descolorantes e água oxigenada), como é a armazenagem, se as embalagens em que os produtos são colocados são bem vedadas e esterilizadas, enfim, são cuidados indispensáveis para garantir que o produto não mudará a fórmula ou sua performance, além de preservar seu cabelo.

3 - Teste receitas caseiras

Aqui no blog eu já dei muitas dicas de como utilizar óleos nos cabelos de vários tipos (ressecados, oleosos, cacheados, para brilho, fortalecimento e etc) e também de receitas caseiras que funcionaram comigo e que utilizam ingredientes simples como azeite, mel, açúcar, babosa, creme de leite e etc.

Utilizar produtos naturais é também muito bom para evitar que o cabelo entre em contato com certos ingredientes que os cremes industrializados possuem e que não fazem nada bem para os cabelos, como petrolatos e os silicones insolúveis, que grudam nos fios e impedem a passagem de nutrientes necessários para o tratamento efetivo e apenas "maquiam" os cabelos sem oferecer tratamento real. Sabe aquele creme que deixa o cabelo lindo no dia que você usou, mas no dia seguinte faz parecer que você nem usou nada, de tão ruim que o cabelo fica? Pois é, esse é um dos efeitos dos petrolatos!

As receitas caseiras, além de baratinhas (já que você usa ingredientes que já tem em casa e não são comprados exclusivamente para os cabelos) também deixam os fios saudáveis bem cuidados.

4 - Aproveite mais os produtos que tem em casa

Talvez você tem em casa um creme que é fraco ou não é tão bom quanto precisava e já desiste logo dele, mas você já tentou potencializá-lo com outros ingredientes? Um exemplo disso são aqueles cremes de potão tipo Kanechom, que nem sempre funciona quando são usados puro, mas é uma maravilha como creme-base! Experimente acrescentar ampolas de tratamento (como aquelas baratinhas que são vendidas em farmácia), óleos, queratina e etc.

Ou seja: se o creme não for tão bom quanto queria, dê uma "ajudinha" a ele acrescentando ingredientes concentrados, isso vai deixar a fórmula mais potente e, assim, você evita desperdício de produto e de dinheiro. Mas atenção: potencialize somente a porção necessária para uma aplicação no cabelo e faça a mistura em um recipiente à parte, não jogue nada dentro do pote original do creme pois isso pode alterar o prazo de validade do produto.


Viu como é possível cuidar bem dos cabelos sem gastar muito? Basta reaproveitar o que já tem ou investir em produtos mais baratos, assim dá pra conciliar tratamento e economia. Se tiver mais algumas dicas, deixe nos comentários! ;)

Compartilhe no Pinterest:
Dicas para manter os cabelos saudáveis enquanto economiza com produtos
Ícones feitos por Freepik em www.flaticon.com